Pular para o conteúdo principal

"RESENDE - Caderno Colorido" em dialogo com DIZER O INDIZÍVEL.

DIZER O INDIZÍVEL.
O Patrimônio Histórico de Resende retratado por 17 fotógrafos sob a curadoria de Antonio Calino.
A exposição faz parte da programação da 15ª Semana Nacional de Museus,
realizada pelo Ibram - Instituto Brasileiro de Museus. 

Gostei de visitar.
Gosto de fotografar Resende, fui fazendo um arquivo de imagens.
 Adoro colorir, recolorir, renovar e sensibilizar. 
Desde as gravuras da infância, passando pelas fotografias P/B que recoloria até os dias de hoje. Atualmente utilizando ferramentas digitais para trabalhar imagens descartáveis,
 fotos ruins ou realizando recortes em um novo olhar lúdico e afetivo.  
Fiquei com vontade de apresentar a vocês estes trabalhos
RESENDE EM CADERNO COLORIDO

AMAM - Fotografia vetorizada - Maurício Rosa "Resende em caderno colorido"

Sempre inquieto com as imagens, em minha formação como fotografo naveguei dos processos analógicos e histórico da fotografia e de principais expoentes, laboratório P/B, fotojornalismo
 até as técnicas alternativas, oficinas de linguagens até a Foto Arte.        
Gosto das manipulações, de novas construções em busca de novas linguagens. 
Por este caminho me enveredei através de oficinas de fotografia construída e conceitual
 com Claudio Feijó e Rosângela Renno, e com o intercambio com outros artistas.

"O fotografo, seu papel, sua imagem" 
 Na exposição coletiva "O papel das vilas", já em sua primeira edição desenvolveu-se o núcleo de pesquisa, onde fotógrafos foram convidados a produzir uma obra com a proposta de interligar a  linguagem da fotografia com a arte do papel artesanal numa FOTO ARTE.
  
Com o processo de digitalização da fotografia, passado o sentimento banal, que tinha devido a abundancia e suposta efemeridade das imagens. 
Fui com os anos me reciclando e tomando o gosto por vetorizar imagens de refugo fotográfico. 
Tornar o real em irreal, resgatar imagens antigas para produzir novas leituras.
Aproveitar recortes, colagens que são recoloridas, reconstruídas.
Esta reciclagem da fotografia digital chamo de CADERNO COLORIDO. 
Tenho uma serie bacana dedicada a RESENDE.
 Gosto muito, quando tenho tempo e oportunidade coloco Resende no foco,
 sempre enriquecendo esta coleção.

https://www.revistamuseu.com.br/site/br/noticias/nacionais/2846-19-05-2017-museu-de-arte-moderna-de-resende-inaugura-dizer-o-indizivel-nesta-sexta-feira.html

Rua XV Novembro - Tamer Brito
"Dizer o indizível", exposição de fotografia.
O olhar sobre o patrimônio da cidade.
MAM - Resende (RJ).

Sta. Casa de Misericórdia - Pedro Luz
Solar da Dona Maria Benedita - Juliana Mello.
Igreja da matriz - Francisco Contê
Aproveitando esta oportunidade resolvi desengavetar e mostrar em dialogo
 com "Dizer o indizível" um pouco deste trabalho que desenvolvo. ArteFoto.
Fotos com legendas são da exposição"Dizer o indizível" e as sem legendas

"RESENDE em caderno colorido" 
Maurício Rosa
 o cotidiano
...pelas ruas, velhas casas...
... recolorindo recortes, reflexos...
reciclando vidas








Palacete dos Paula Ramos - Christian Meyn

MAM - Lidiane Camilo





Igreja do Rosário - Lucas Alves







Ponte velha - Carlos Caldeira

Hotel Leme - Wallace Feitosa


Palacete - Christian Meyn

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

LIVRO ARTE - Variações sobre silencio e cordas - Roseana Murray - Elvira Vigna - EDIÇÕES EM PAPEL DE ONTEM

VARIAÇÕES SOBRE SILENCIO E CORDAS.
Roseana Murray escrevia a partir das ilustrações que recebia de Elvira Vigna para este e-book.  Em 2008 fui convidado pelas artistas para criar o livro todo em papel artesanal. 

CARTA/OBRA 3 - MÉXICO - Arte Postal Maurício Rosa Mail Art

https://cartaobradois.wixsite.com/cartaobratres Adoro o coletivo CARTA/OBRA, coordenado por Suyan de Mattos, numa releitura do movimento de Mail Art, participo desde sua primeira edição. As exposições continuam pipocando pelo mundo. Depois de Brasília, Piracicaba, Visconde de Mauá agora será no México. Abertura da exposição CARTA/OBRA MÉXICO:12/04/2018 no Centro Cultural Brasil México. Visitem no site minha galeria. https://cartaobradois.wixsite.com/cartaobratres/mauricio
Participam os artistas: Adriana Lima, Aly DVillersAlzira Ballestero, Andrea Nestrea, Bruno Schürmann, Catherine M. Bennett, Chuck Welch, Chungtar Chong Lopes, Cintia FalkenbachClaudia Jeanne Nascimento, Cristiane Alcântara, Gabriela Irigoyen, Gabriela Karamanian, Gastão Debreix, Isabella Atayde Henrique, Janice Affonso, Janys Oliveira, Jo Adriana, Josi Paz, John M. Bennett, Julie Brasil, Leci Augusto KaiowáLuciana Glapas, Luis Jungmann Girafa, Mag Campos, Maria Helena Leal LucasMário Jardim, Mauricio Rosa,

Oficina de desenho. Maurício Rosa e Roberto Magalhães.

Não resisti a oportunidade.  Dei um cartão de presente, mas antes passei pelos CORREIOS.  CARIMBADO nos arquivos de Roberto Magalhães. Rolando um INTERCÂMBIO ARTÍSTICO. O "CAMINHO DAS ARTES" Visconde de Mauá ROTA POSTAL  Ficou novamente com folhas de Papel Botânico artesanal. Convidou para a próxima oficina. Agora quer ver trabalhos maiores. Vamos preparar.


Aconteceu no dia 03.07.2018 a oficina de desenho com o artista plastico ROBERTO MAGALHÃES, no Centro Cultural Visconde de Mauá, em parceria com o Espaço Prema Bhakti. Visconde de Mauá no "Caminho das Artes". 
foto Lino